Adriana Esteves diz que sua inspiração para a Carminha de "Avenida Brasil" foi a vilã Nazaré

http://1.bp.blogspot.com/-rnK092qE76I/T3SPe3rPV9I/AAAAAAAAKBc/hTSJJtwm0aY/s1600/001.jpg

O principal destaque da primeira semana de “Avenida Brasil” foi a vilã Carminha, fruto de uma composição de personagem assombrosamente competente de Adriana Esteves. Desde que a novela estreou, Carminha já figurou entre os assuntos mais comentados do Twitter e, em apenas três capítulos, mostrou que a golpista já pode figurar na galeria das maiores vilã da teledramaturgia ao mandar a enteada Rita (Mel Maia) para um lixão, em cena que emocionou e revoltou a audiência.

A intérprete disse, durante a festa de lançamento da novela, que buscou um pouco de inspiração em outra vilã marcante das novelas: a prostituta Nazaré Tedesco, papel de Renata Sorrah em “Senhora do Destino”. Embora poucos se lembrem, Adriana também deu vida a Nazaré na primeira fase da novela de Aguinaldo Silva. “Peguei um pouquinho da Nazaré, sim, mas não gosto de ficar falando das minhas influências durante a execução do personagem. Gosto de guardar aqui dentro”, diz, apontando para o peito.

Antes da estreia, no entanto, a atriz parecia um pouco insegura com o resultado de seu trabalho. Dizia “sentir a pressão” de ter que corresponder às expectativas sobre o papel, o qual considera muito complexo. No entanto, Adriana afirmou que sai do estúdio com sensação de dever cumprido a cada cena que grava. “Ela tem humor, embora seja uma sobrevivente. Tem uma frase que o João [Emanuel Carneiro] diz que reflete bem o que é a Carminha: ‘Tenha cuidado com os sobreviventes’.”

No capítulo da novela que vai ao ar nesta quinta-feira (29), por exemplo, a "sobrevivente" irá estragar o noivado de Tufão (Murilo Benício) com Monalisa (Heloísa Perissé). Durante a festa, a vilã liga para o jogador e ameaça se jogar pela janela. Ele sai escondido de todos e acaba rompendo seu compromisso com a cabeleireira.

Parcerias

Tanto Adriana Esteves quanto Débora Falabella (que interpretará Rita na fase adulta) se dizem “ansiosas” para contracenar uma com a outra. Embora o encontro ainda não tenha acontecido nos estúdios, ambas se limitam a dizer que admiram o trabalho uma da outra e que acreditam que a parceria renderá ótimas cenas.

Por enquanto, Adriana apenas se derrama em elogios para a menina Mel Maia, que também tem arrancado aplausos do público por sua interpretação bastante convincente da heroína vingadora em sua infância.

“A Mel é pequena e extremamente inteligente. Tenho vontade de ficar com ela no colo o tempo todo, mas, para não desenvolver um clima de cordialidade e confundir a cabecinha dela, eu não falo com ela antes das gravações. Quando termina, aí eu vou lá e a encho de beijos e abraços”, conta a atriz, cujo filho de cinco anos também “ajuda” na composição dos personagens.

“Ele me diz: ‘Mamãe, naquela outra novela [‘Morde & Assopra’] eu te ajudei falando tudo o que eu sei de dinossauros e nessa eu te ajudei com a cobra, que é traiçoeira como a Carminha, né?’. Eu concordo, mas não deixo ele assistir não. É muito pra cabecinha dele..."

0 comentários:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário.