Bela a Feia

http://4.bp.blogspot.com/_v1vbYSG8Dq8/TAM310J_c5I/AAAAAAAACYs/Rug4qGPMOHc/s1600/bela+a+feia.jpg

Sinopse


Anabela é uma jovem competente e esforçada, mas sua aparência mal-ajambrada dificulta sua vida profissional. Ela sabe que é feia e está, de certa forma, conformada com isso. Bela sempre foi assim desde menina, sem quaisquer atributos físicos, mas também nunca teve maiores vaidades. Ela não liga para nada que possa torná-la mais atraente.
Bela mora com o pai, Clemente (Bemvindo Sequera), e dois irmãos - Elvira (Bárbara Borges) e Maximiliano, o Max (Sérgio Honjakoff) no bairro da Gamboa, zona portuária do Rio de Janeiro. Clemente é sambista e toca violão. É assim que ganha a vida. Ele é também um compositor frustrado. Elvira trabalha como manicure no salão Montezuma, de propriedade do tio, o deslumbrado Haroldo (João Camargo) - irmão de Clemente. Ao contrário de Bela, Elvira é vaidosa, apesar de seu gritante mau gosto para se produzir. Noêmia, a mãe de Bela e Elvira, morreu ainda jovem. Já Max é irmão delas apenas por parte de pai. A mãe dele, Samantha (Luiza Thomé), mora em Copacabana e o despreza sutilmente, mas, mesmo assim, Max sonha em poder sair do bairro simples onde nasceu e cresceu, para viver na Zona Sul com ela.

Bela oferece-se para trabalhar como secretária da agência de publicidade +/Brasil, mas embora tenha ótimo preparo, perde o cargo para uma mulher incompetente, porém muito bonita. Para sua sorte, uma ironia do destino faz com que ela acabe conseguindo desbancar a antiga concorrente alguns dias depois. O cargo de secretária do novo diretor-presidente, então, passa a ser seu.

A empresa onde Bela começa a trabalhar passa por uma fase tumultuada: Rodrigo (Bruno Ferrari) - filho de Ricardo (Jonas Bloch), o dono da holding de comunicações - um rapaz tido como playboy, mulherengo e bon-vivant, assume o cargo de diretor-presidente da agência +/Brasil, surpreendendo a todos. Mais do que surpreso, quem fica realmente revoltado com a nomeação é Adriano (Iran Malfitano), primo de Rodrigo e afilhado de Ricardo, que há anos trabalha na agência e não se conforma com o fato de que seu tio e padrinho tenha nomeado o inexperiente rapaz em seu lugar. Com a ajuda de Verônica (Simone Spoladore), amante eventual de Rodrigo, Adriano fará de tudo para destituir o primo. Logo que começa a trabalhar na agência, Bela se encanta com Rodrigo, embora saiba que não tem chance alguma com o patrão. Rodrigo, sempre se envolveu com mulheres muito bonitas, não enxerga em Bela nada além de uma secretária eficiente. Por causa de sua aparência, Bela é ridicularizada por todos na glamorosa empresa. Ela tenta manter uma atitude positiva diante da situação, mesmo que isso às vezes lhe seja difícil.

Rodrigo é noivo de Cíntia (Carla Regina), filha de Ariosto (Henri Pagnocelli) e Vanda (Denise Del Vecchio. Cíntia tem temperamento difícil, é prepotente e esnobe, e despreza pessoas mais humildes. Quem sofre muito com sua arrogância e maus-tratos é Olga (Ângela Leal), a governanta de Rodrigo, a quem trata como filho desde que a mãe dele, Vera (Silvia Pfeifer), desapareceu - na época, ele tinha apenas um ano de idade. Rodrigo se ressente por julgar ter sido abandonado pela mãe e desenvolve uma rejeição por ela com o passar dos anos. Agora já adulto e com o cargo de diretor-presidente da agência, Rodrigo precisa mostrar-se competente a todo custo.

Quando criança, Bela formava uma dupla cômica com um garoto muito bonito, Dinho (Thierry Figueira). Eles interpretavam quadros de humor e contavam piadas. Bela era sempre motivo de deboche. Sua feiúra já chamava a atenção desde aquela época e era usada como referência nas piadas da dupla. Ela relevava a humilhação e, esperta e relativamente graciosa, conseguia transformar a aparência estranha numa espécie de atributo pitoresco que, com o tempo, foi se apagando. Bela não gosta de recordar os dias em que brilhava ao lado do parceiro Dinho e procura não pensar em sua curta carreira artística. O empresário da dupla infantil era o inescrupuloso Ataulfo (André Mattos), pai de Dinho, cuja ambição o levou a tomar decisões condenáveis, que se refletiram no futuro de Bela.

Ator Personagem
Giselle Itié Anabela Palhares (Bela; Valentina Carvalho)
Bruno Ferrari Rodrigo Ávila
Simone Spoladore Verônica Matoso
Iran Malfitano Adriano Gomes Ávila
Bárbara Borges Elvira Palhares
Sérgio Hondjakoff Maximiliano Palhares (Max)
Carla Regina Cíntia Alcântara
Thierry Figueira Alfredo Aguiar (Dinho; Carlos Dantas; Charles; Juarez)
Jonas Bloch Ricardo Ávila
Luisa Thomé Samantha Freitas
Esther Góes Bárbara Gomes Ávila
Denise Del Vecchio Vanda Alcântara
Sílvia Pfeifer Vera Ávila
Ângela Leal Olga Santos
Raul Gazolla Armando Freitas
Benvindo Sequeira Clemente Palhares
Henri Pagnoncelli Ariosto Alcântara (Octávio)
André Mattos Ataulfo Aguiar (Tadeu Dantas; Harry; Dona Eulália)
Aracy Cardoso Regina Brito
Cláudio Gabriel Nelson Barbosa
João Camargo Haroldo Palhares
Bia Montez Hortência Peixoto
Roberta Gualda Luzia Caldas
Laila Zaid Magdalena Fonseca (Mag)
Daniel Erthal Diego Souza
Ildi Silva Dinorá Melo
Daniel Aguiar Augusto Gomes Ávila (Guto)
Gabriela Moreira Natália Brito
Sérgio Menezes Diogo Marques
Marcela Barrozo Ludmila Freitas (Ludi)
Pérola Faria Juliana Barros
Rafael Primo Ícaro
Suzana Abranches Léa
Sabrina Rosa Carminha
Camila Guebur Sheyla
Débora Gomez Camila Pinho
Oberdan Júnior Jacinto
Maria Cristina Gatti Berenice

Personagens

Bela Rodrigo Cíntia

Adriano Verônica Guto

Ricardo Vanda Ariosto

Bárbara Clemente Vera

Dinho Olga Ataulfo

Elvira Nelson Magdalena

Armando Samantha Maximiliano

Diogo Luiza Diego

Haroldo Hortência Jacinto

Dinorá Ícaro Natália

Fonte: Reprodução / Rede Record

Abertura




Bastidores



Créditos

0 comentários:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário.